Geral

A porta

“Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem.” (João 10:9)

Neste pequeno verso da Escritura, Jesus nos fala tantas verdades! Em primeiro lugar ele usa a metáfora da porta. Ao usar desta figura de linguagem, Jesus espera que possamos pintar um quadro em nossas mentes e refletir sobre todos os benefícios que uma porta tem para que entendamos os privilégios que tem todo aquele que entra por esta porta.

1- Em primeiro lugar, ele diz que ele é a porta. Não disse uma das portas, mas a única que conduz à salvação.

2- Em seguida, afirma que ele é o acesso para um mundo de privilégios e bênçãos. Não basta admirá-lo, e tampouco, achar bonito o que ele fez. É necessário tomar a decisão de entrar para o caminho que ele propôs, que começa pela porta que ele mesmo abriu. Há muitas pessoas que passam diariamente diante da porta que é Cristo, mas se recusam a entrar, porque acham que não estão preparadas. Não faça isso! Hoje a porta está aberta para que você entre por ela. Amanhã, talvez você não tenha mais essa chance.

3- O primeiro e o maior benefício recebido por todo aquele que o aceita é a salvação. Salvação de uma vida sem significado… Salvação da condenação dos pecados… Salvação de uma vida separada de Deus… Todos nós precisamos ser salvos. A Palavra de Deus diz que todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus. Entretanto, quando alguém aceita a Cristo como seu salvador é salvo desse destino de trevas.

4- Diferente do que muita gente pensa, entrar pela porta que é Cristo não nos tirará a liberdade. Ao contrário, podemos entrar e sair em todo o tempo. O relacionamento com Cristo é baseado na liberdade e no amor. Qualquer coisa que façamos para ele deve ser por amor, e não por medo.

5- A última promessa desse verso é que acharemos pastagem. Dentro do contexto do verso, Jesus nos compara a um rebanho de ovelhas. As ovelhas precisavam entrar na porta do aprisco (uma espécie de piquete onde os animais ficavam), para que encontrassem segurança durante a noite. Pela manhã, entretanto, as ovelhas passavam pela mesma porta para encontrar o pasto no campo, onde se alimentavam. O relacionamento com Cristo é assim: nos salva, nos protege, nos torna sua propriedade, mas nos deixa livres e alimentados. Hoje, se o seu coração está vazio, triste, ou se sente rejeitado, entre pela porta que é Cristo. Ele está sempre de braços abertos, chamando as ovelhas para que encontrem a salvação. Nesse Natal, pense nisso! Vai mudar completamente a sua vida.

Por Lamartine Posella

Companheiros de Cristo
Autor e consumador

Deixe seu comentário