Geral

Derrotados ou mais que vencedores

Hoje, logo após o jogo final da Copa do mundo, quando a televisão focava sem parar o semblante devastado do jogador Messi, percebi algo que mexeu profundamente comigo. Foi só naquele momento que fui entender a minha própria tristeza pela perda da copa no nosso país. O que me levou a essa conclusão foi uma pergunta aparentemente simples que fiz a mim mesmo. O que, de fato, faz da perda de uma copa algo tão triste?

Por outro lado, qual é o poder ou o encantamento que mobiliza nações inteiras a desejar desesperadamente a vitória, como se a mesma pudesse resolver todos os seus problemas?
O QUE BUSCAMOS É A GLÓRIA!
A glória de vencer quando todos os demais perdem. A glória de estar de pé, enquanto todos os outros, em algum momento caíram. A glória de ser eternizado na história, de ser imbatível, de ser o mais forte, de ser o melhor.
Tudo isso assume uma dimensão mais dramática quando a perda acontece para quem supostamente deveria brilhar mais.
Tomemos, por exemplo, o Brasil. O mundo estremeceu com a nossa derrota vergonhosa para a Alemanha. Até mesmo os alemães, admiradores confessos do nosso futebol, pareciam estarrecidos com o que estava acontecendo. Era como se eles estivessem felizes com a vitória, ao mesmo tempo que constrangidos por vencerem o país que tanto admiravam.
Mas, a verdade é que nenhuma glória humana é eterna.
De certa maneira, isso nos deixa frustrados, desapontados, e até furiosos.
Os heróis que deveriam alimentar o nosso orgulho se tornaram os responsáveis pela nossa vergonha.
Nesta hora, torcedores apaixonados ficaram furiosos, atacando moralmente os jogadores com a mesma paixão que homens traídos reagem contra aquelas que os feriram.
Quando o sonho acabou, todos foram devolvidos para a realidade de que o mais forte cai, o mais talentoso fracassa, e até o que parece ser eterno perece!!!!
Enquanto estava refletindo sobre essas coisas, meu espírito se encheu de adoração ao pensar no que Jesus fez por nós.
Ele, o Rei, e criador de todo o universo, adorado entre as criaturas mais extraordinárias, voluntariamente abriu mão de toda a sua glória para se tornar homem.
E como homem, poderia ter escolhido conquistar o mundo pela força do seu poder ou pela inteligência e carisma que lhe sobejavam.
Mas, se o caminho que escolhera tivesse sido o da vitória, todos nós morreríamos como derrotados. Diante da sua santidade, todos nós seríamos rejeitados por nossa impureza. Diante da sua retidão, seríamos irremediavelmente reprovados.
Não, ele não veio como um conquistador. Ele veio como servo, e como servo, escolheu o caminho da humilhação. Foi caluniado, afrontado, vilipendiado, açoitado, e em todo esse tempo, bastava estalar os dedos que Deus destacaria um batalhão de anjos para vingar as afrontas que sofreu.
Não, ele não fez nada disso. Ao contrário, escolheu trilhar um caminho de humilhação que acabou por leva-lo até a cruz.
E, aquilo que parecia ser a sua maior derrota, se transformou na maior vitória do universo: Jesus ressuscitou!
Para os que creem nele, Jesus garantiu a maior de todas as medalhas, o direito de sermos filhos de Deus. Sua vitória não foi excludente, mas inclusiva.
Sua vitória não deixou perdedores, mas fez dos que creem, mais do que vencedores.
Queridos, a perda da copa não é o fim do mundo. Nossas maiores lutas ainda precisam ser enfrentadas. Nossa batalha é a batalha do Reino de Deus. Seja no nível pessoal, familiar ou a luta pela nossa nação. Precisamos lutar contra a injustiça, a desigualdade social, contra a corrupção, contra o preconceito, e contra o pecado.
Jesus Cristo, nosso vitorioso comandante venceu completamente o inimigo quando clamou “está consumado”, e reclamou como espólio as almas perdidas que estavam aprisionadas por Satanás.
Ele é o pão da vida para os que tem fome. A luz para os que estão em trevas. A porta que nos dá acesso a Deus. O bom pastor que nos apascenta. Ele é o caminho, a verdade, e a vida. Ele é o nosso alvo, o nosso prêmio maior, e a nossa certeza de vitória.

Por Lamartine Posella

Não é um bom conselho
Prontos para a batalha

11 comentários

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do autor do blog. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O autor do blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
  1. Simply desire to say your article is as amazing. The clarity in your post is just excellent and i can assume you are an expert on this subject. Fine with your permission allow me to grab your RSS feed to keep updated with forthcoming post. Thanks a million and please keep up the enjoyable work.

  2. Unquestionably believe that which you said. Your favorite reason appeared to be on the web the simplest thing to be aware of. I say to you, I certainly get annoyed while people consider worries that they plainly don’t know about. You managed to hit the nail upon the top as well as defined out the whole thing without having side effect , people can take a signal. Will likely be back to get more. Thanks

  3. I’m writing to let you understand what a fabulous discovery my daughter obtained using the blog. She came to understand several pieces, which include how it is like to possess a very effective coaching nature to get others without difficulty master certain very confusing subject areas. You actually did more than our expectations. Many thanks for offering those powerful, trusted, informative not to mention fun tips on your topic to Lizeth.

  4. I precisely had to say thanks yet again. I do not know what I could possibly have implemented without the type of thoughts shown by you over such a industry. It absolutely was an absolute traumatic setting for me, nevertheless finding out the very specialised manner you dealt with the issue made me to leap with fulfillment. Now i’m thankful for this help as well as hope that you realize what an amazing job you were carrying out educating others by way of your webpage. I’m certain you’ve never got to know any of us.

  5. Thank you so much for providing individuals with remarkably brilliant opportunity to discover important secrets from here. It really is so nice and as well , stuffed with a good time for me and my office friends to search your web site at least thrice weekly to learn the latest guidance you have. And of course, we are usually motivated with all the incredible guidelines you give. Selected 1 facts in this post are easily the most effective we’ve ever had.

Deixe seu comentário