Geral

Desmascarando o medo

O medo não respeita ninguém. Ele assombra os simples e os letrados; os ricos e pobres. Ele caminha sobre o chão luxuoso de mansões e palácios, como também sobre a terra batida das ocas indígenas. Não se vence o monstro sem antes desmascará-lo. Para fazê-lo, não podemos lidar com a coletividade, mas com o indivíduo. É importante, também, conhecer a diferença entre o medo real e a sombra do medo. Se você tem que entrar numa jaula de leões, há razão para temer, afinal leões podem nos comer. No entanto, sabemos que personalidades mal ajustadas passam a viver sob a sombra do medo. E é exatamente esse tipo de medo que precisamos combater.

Acredito que haja aspectos positivos e negativos no medo. Como assim, você me pergunta? É verdade. O medo pode ser nosso servo ou nosso senhor. O aspecto positivo do medo é o que chamamos de reverência; de respeito. A Bíblia diz que o temor do Senhor é o princípio da sabedoria. Este é o mesmo temor que os filhos podem ter por seus pais.

É esse tipo de temor que permite que na ausência da autoridade cumpramos com o nosso dever diligentemente. É esse tipo de temor que nos impulsiona a agir em retidão para que sejamos recompensados. O cristão ama a Deus e, por isso, espera por sua aprovação. O ímpio não quer ver a Deus; ele tem medo de Deus.

Agora, o que realmente devemos fazer para vencer o medo? Devemos conhecê-lo, bem como sua atuação em nossas vidas. Certamente você já sentiu a sensação de frio na barriga, de tremer as pernas quando está em um lugar muito alto ou algo assim.

Os neurologistas ensinam que a parte inferior e central do nosso cérebro, o thalamus, é que é o centro de nossas emoções. Diretamente do thalamus vêm os pensamentos, impulsos e imaginações que nos amedrontam e, até mesmo, as nossas fobias. Esse centro nervoso também é responsável por nossas afeições e amores. É por isso que a Palavra de Deus diz que aquele que controla o seu espírito é melhor do que aquele que toma uma cidade (Provérbios 16:32). Segundo o entendimento científico, poderíamos dizer que a pessoa que administra bem as mensagens do thalamus vencerá a batalha da vida. A maior parte dos medos não tem origem no mundo real; são subprodutos do nosso interior, e não do exterior. Uma criança é totalmente destemida. Somente com o passar do tempo, depois de seus entes queridos terem-na ensinado sobre seus inimigos, como também demonstrado o quanto as pessoas podem ser indignas de confiança, é que a criança começa a desenvolver seus medos.

Você já viu um pai pedindo a seu filhinho que se jogue de cima da mesa para a segurança dos seus braços? Certamente que sim. Se, todavia, alguns pais querem ensinar aos filhos que nunca confiem em ninguém e permitem que eles caiam, aí terá se instalado um grande medo.

Sabemos, também, que o medo pode se tornar uma fobia. Fobia é melhor traduzida como “o medo do medo”.

A origem do medo se deu no Gênesis, quando o homem pecou. Ao ser procurado, o homem se esconde e diz:

“… ao ouvir a sua voz eu temi (…) e me escondi” (Gênesis 3:10).

Portanto, com a primeira transgressão racional, nasceu o medo. É por isso que até o diabo crê e teme, afinal, ele é o maior de todos os transgressores.

O antídoto para o medo é o amor de Deus. A Bíblia nos conta que o amor lança fora o medo. Se você conhece o amor de Deus, pode vencer os seus medos. Leia as promessas de Deus que são específicas para as áreas da vida que o assombram. Fazendo assim, você estará caminhando em direção à cura dos seus medos.

Comece hoje. Confesse os seus pecados e receba a restauração que Deus tem para sua vida.

Por Lamartine Posella.

Os tempos líquidos da internet
Disciplina

73 comentários

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do autor do blog. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O autor do blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
  1. Pingback: orologi di legno
  2. Pingback: occhiali in legno
  3. Pingback: Google
  4. Pingback: filme hd
  5. Pingback: frameless glasses
  6. Pingback: 출장마사지
  7. Pingback: over here
  8. Pingback: Google
  9. Pastor desejo dr todo coração que Leia a minha mensagem.
    Nesses últimos dias, diante de tantos acontecimentos sobre o final dos tempos, fui tomada por um medo e um pânico horrível que não me deixam em paz.
    Uma sensação de fim e desesperança tomou conta de mim.
    Sou casada tenho uma filha dr dois anos e tenho 24 anos.
    A sensação que tenho é de que chegamos ao fim e não ha mais nada a se fazer a não ser esperar. Mal consigo parar em pé, nunca mais fiz uma comida para minha filha ou meu marido, não consigo me relacionar com ele e nem com outras pessoas, pois passo o dia todo lendo notícias das coisas ruins que estão acontecendo. Passo muito tempo no banheiro pq isso me causa areias dores de barriga, além de ja ter perdido peso pois faço as vezes uma refeição por dia.
    Será que ainda da tempo de sonhar? De fazer planos junto com a minha família? Ou devemos apenas aguardar essa tribulação que irá acontecer?
    Sou da igreja Bola de Neve e quinta feira pedi ao pastor que orasee comigo, foi uma presença e um derramar maravilhoso em minha vida, porém quando foi sexta feira ao ver aqueles ataques a França, mais uma vez minhas esperanças desmoronaram e voltei a essa minha ” realidade cinza “.
    Por favor me de um norte. Eu realmente preciso de ajuda.

  10. Boa noite!
    Sempre gosto muito de ler seus comentários pastor!
    É esse gostei muito pq eu msm na presença de Deus tenho medo de certas situações.
    E agora eu vi que posso combater meu medo.
    Muito obg!
    Fica na paz do senhor…amém!!!

Deixe seu comentário