Geral

A palavra de ordem é perseguir

“Porém em nada considero a vida preciosa para mim mesmo, contanto que complete a minha carreira e o ministério que recebi do Senhor Jesus para testemunhar o evangelho da graça de Deus”. At 20:24

Estas palavras foram proferidas por um homem que estava absolutamente determinado a cumprir o propósito que Deus tinha para a sua vida.
Ele enfrentou muitas frustrações, provações, e afrontas, mas, a despeito de tudo isso, sabia que desistir de sua carreira não era uma opção a ser considerada.

Perseguir o sonho, perseguir o chamado, perseguir o propósito… Esta é a palavra de ordem: “perseguir”.
Jacó, o pai da nação de Israel, não era o mais qualificado, não era o filho predileto, não era o primogênito. Tantos eram os impedimentos para que ele recebesse a bênção, que muitos teriam desistido.

Ele começou do jeito errado; enganando o pai, e roubando o direito de seu irmão Esaú. No entanto, Deus sabia que poderia mudar o caráter de Jacó, porém, o combustível para fazer dele um instrumento poderoso em suas mãos, ele já tinha: Jacó era um homem determinado.

No Vale de Jaboc, quando encontrou com o “Anjo do Senhor”, Jacó agarrou-se ‘aquele que, para muitos, é Jesus, e não o deixou ir embora enquanto não o abençoasse.
O Anjo dizia: “Deixe-me ir, a manhã já está chegando”. Depois de uma noite inteira de luta, e tendo sido ferido em seu quadril, Jacó disse:

“Não o deixarei antes que me abençoes”.

Quantas vezes desistimos dos nossos sonhos por causa de alguns impedimentos…
Quantas vezes duvidamos do chamado que Deus tem para nós, simplesmente porque as coisas não acontecem como desejamos.

Homens determinados são invencíveis!
Mulheres determinadas são poderosíssimas!

Josué teve que esperar por 40 anos por causa de 10 espias que não tinham a sua determinação.
No entanto, Deus não deixou de honrá-lo e, junto com seu companheiro Kalebe, possuíram a Terra que Deus prometera.

Deus, também, tem promessa para a sua vida. Quando sua vida passar, com quem você será comparado, com Paulo, com Jacó, com Josué, com Kalebe, ou com a geração que morreu no deserto?

Por Lamartine Posella

Deixando a cidade do remorso
Futebol e política - O que realmente está em jogo?

58 comentários

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do autor do blog. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O autor do blog poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
  1. Pingback: orologio legno
  2. Pingback: titanium glasses
  3. Pingback: 출장마사지
  4. Pingback: gourmet coffee
  5. Pingback: visit homepage
  6. Pingback: Google

Deixe seu comentário